Blockchain muito além das criptomoedas. Confira

Blockchain muito além das criptomoedas. Confira

A tecnologia Blockchain foi um dos pilares para o surgimento do Bitcoin em 2008 e, até hoje, possui uma função de muita importância na manutenção da rede de transações do BTC. Contudo, o que muita gente não sabe é que esta tecnologia vai muito além das criptomoedas. Empresas e setores dos mais diversos da economia global vêm percebendo o seu potencial e já estão começando a incorporá-lo em seus sistemas.

O Blockchain é uma tecnologia revolucionária devido ao seu protocolo de segurança possibilitar uma maior transparência no armazenamento e divulgação de informações. Por isso, a partir do momento em que há uma tecnologia a qual permite que dados sejam armazenados de maneira mais segura, imutável, pública e sem a necessidade de intermediação de um órgão regulador, muitas corporações começaram a enxergar o Blockchain como uma forma de expandir e solidificar seus negócios.

Com o objetivo de te deixar melhor informado sobre este mundo, veja cinco utilizações do Blockchain, além das criptomoedas. E entenda como a tecnologia está mudando empresas no Brasil e no exterior.

 

1. DIREITOS AUTORAIS

Colocar um produto inédito no mercado não é tão simples quanto parece. Há sempre o risco dele ser divulgado e colocado na internet antes do seu lançamento. Por isso, mercados de criação, como da música, autores de livros, tomam diversas precauções para que isso não ocorra. Problemas com direitos autorais sempre ocorreram nessas indústrias em razão de não haver uma solução realmente efetiva e segura.

Umas das soluções criadas pelo Blockchain foi exatamente para sanar essa necessidade. E a tecnologia pode ser empregada não somente na indústria de música ou de livros, mas para qualquer criação. A utilização do Blockchain para esses registros oferecem prova de existência, que tem valor jurídico, e guardam permanente de arquivos digitais, de qualquer natureza.

Esse serviço ocorre através de plataformas que permitem o criador ou autor da ideia colocar  as suas criações dentro de um Blockchain público como o do Bitcoin ou do Ethereum, por exemplo. Essas aplicações permitirão que o próprio autor possa gerenciar o uso do direito em usar a sua ideia da melhor maneira possível, podendo vender, inclusive, o seu uso para terceiros, de forma justa.

A Prëxis é uma dessas plataformas e oferece, de forma simples e acessível, uma solução digital para o registro de ideias, marcas, patentes, livros, dentre outras coisas que necessitam desse tipo de cuidado. Desse modo, é mais do que possível valorizar o mercado de criação no mundo, trazendo uma solução definitiva para os problemas que envolvem pirataria, roubo de ideias e falsificação de produtos ou serviços.

2.SISTEMA DE PAGAMENTOS

Os bancos tradicionais, não alheios às mudanças ocorrendo em razão do blockchain, vêm adotando maneiras de incorporar a tecnologia em seus serviços financeiros. Eliminando a necessidade de intermediários para a conclusão das operações, o blockchain origina serviços mais rápidos e mais baratos do que os que eram, anteriormente, oferecidos pelos bancos

Por exemplo, uma transferência internacional, que pode demorar até 4 dias úteis, com o blockchain, pode acontecer em um período de 30 minutos a 16 horas. O uso da tecnologia para transferência entre instituições financeiras de diferentes países também possibilita a diminuição dos custos operacionais dos bancos.

O blockchain ainda pode simplificar outros serviços financeiros tradicionais, como empréstimos e compras de ativos, que assim como nas transferências internacionais, passam por uma série de entidades e tal processo leva dias até ser finalizado. Com o blockchain, há a possibilidade de ser criada uma base de dados exclusiva e descentralizada para os ativos, o que facilitaria a transferência por meio de tokens criptografados.

3. INTERNET DAS COISAS (IoT)

A Internet das Coisas trabalha muito com automação de processos e inteligência por meio da tecnologia. Com ela, é possível criar projetos de casas e dispositivos inteligentes que se adaptam às necessidades do usuário. Além de trazerem mais praticidade e agilidade para a vida do usuário.

Porém, há uma certa demanda desse mundo que está relacionada à reforçar a segurança. Hoje, a tecnologia da Internet das Coisas possui uma certa dificuldade para proteger os seus dispositivos em relação a intrusos.

Para isso, o blockchain pode ser mais do que útil, trazendo um sistema eficiente de identificação de usuários utilizando a sua tecnologia baseada em criptografia para validar o seu uso. Dessa maneira, fica praticamente impossível um dispositivo baseado em IoT ser violado.

4.CONTRATOS INTELIGENTES (Smart Contracts)

O mercado de economia compartilhada possui um potencial gigantesco para receber o blockchain como recurso de expansão. Sabemos que hoje já existem diversos aplicativos que propõe esse modelo de troca e união entre as pessoas. O Airbnb é um dos exemplos mais claros sobre o assunto.

O fato é que tanto o Airbnb quanto outros aplicativos são exemplos de aplicativos que atuam como intermediários entre pessoas. Eles ajudam pessoas a se encontrarem para resolver suas respectivas necessidades: alugar um quarto, conseguir uma carona, encontrar um professor de música, dentre outras.

Saiba que, com o blockchain, é possível fazer a mesma coisa, mas sem intermediários. Ou seja, as próprias partes interessadas poderão se encontrar e entrar em um acordo, podendo assinar, inclusive um Smart Contract, com cláusulas que são imutáveis, registradas na rede do blockchain.

5. IDENTIDADES VIRTUAIS

Com o blockchain também é possível criar identidades virtuais que possuem o papel de guardar todas as informações da nossa vida digital e, até da vida real, caso queira. Afinal, sabemos o quanto as redes sociais e outras empresas na internet acabam tendo acesso às nossas informações. Ou tomam tais conteúdos como sua propriedade (Os exemplos mais comuns são o Google, Facebook e o Instagram).

Saiba que os seus dados são muito mais valiosos que você imagina. Com a proposta de criar identidades virtuais com o blockchain será possível proteger tudo isso, além de fornecer a liberdade para que cada um possa utilizar as informações da maneira que quiser.

Deu para perceber que as aplicações de blockchain vão muito além dos Bitcoins e podem estar em todos os lugares, certo? Então, abra a cabeça e comece a pensar na possibilidade de dar uma chance a iniciativas assim!

Ficou com alguma dúvida sobre as aplicações de blockchain? Então, escreve para gente nos comentários, que logo responderemos!

Quer saber mais sobre a Bleu Empreendimentos Digitais, os nossos produtos e o mundo de criptoativos?

Siga nossas redes sociais e  fique por dentro das últimas notícias e artigos publicados.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu